domingo, 8 de agosto de 2010

Choro.

água aparece,
faz inchar
a retina
e num piscar
de olhos,
a lágrima
escorre.


desliza
pelo rosto
transportando
tristeza
em uma
gota ácida
que rapidamente
seca.

32 comentários:

  1. Seu blog é muito bom, parabéns!

    http://www.clubedatv.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Poxa,isso me deixou triste :~

    ResponderExcluir
  3. um modo de escrever a tristeza ou a alegria de um choro...uma lagrima...contava em detalhes...muito bom...

    ResponderExcluir
  4. Ácida que rapidamente seca, mas que deixa rastros imutáveis por onde passa por conta dessa acidez carregada de tristeza. Parabéns cara, muito bom o poema.

    Abraços,

    www.catarseonline.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. a gente chora e tudo passa.

    ResponderExcluir
  6. Pow, meu... uma poesia dessas num momento difícil como é o que estou passando agora... deu vontade de chorar, de novo :(

    Mas adorei a maneira como trabalha com as palavras! Muito bom!

    Abraços o/

    ResponderExcluir
  7. eu estava com essas acidas q rapidamente secam brincando no meu rosto a pouco tempo atras =)

    ResponderExcluir
  8. Muito lindo!Seu poema consegue prender o leitor mesmo com sua simplicidade nos faz enxergar a beleza!
    beijokas tulipais :D

    http://tamytulipa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. acho que é um dos meus preferidos... te amo...

    ResponderExcluir
  10. E até no choro se encontra beleza.

    ResponderExcluir
  11. Assim o choro fica até menos triste.

    ResponderExcluir
  12. Sem exageros...
    O melhor poema que li hoje..
    Ótima forma, gostei do ritmo,
    Fez-me visualizar!
    Muito bom mesmo!
    ;D

    ResponderExcluir
  13. É impressionante como sentimos a lágrima descendo e escorrendo, com seu texto.
    Meus parabéns! ÓTIMO blog, adorei o texto.

    www.meuceuparticular.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Seca rápido mesmo. Por isso algumas deveriam ser tatuadas, para não se esquecer o motivo.
    Belo canto - no sentido da canção - , Lufa!

    abç poéticos
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir
  15. A lágrima rapidamente seca, mas, a acidez deixa marcas no rosto.

    ResponderExcluir
  16. Em poucas palavras conseguiu transmitir o que queria de uma forma impressionante. Parabéns.

    ResponderExcluir
  17. Admiro quem encontra na tristeza a inspiração.

    ResponderExcluir
  18. Simples,direto e de fácil entendimento.
    Adoro como vc consegue detalhar as coisas mais improvaveis,mérito de um bom observador.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Olha Lufa, assim você faz minha pele aderir a acidez.

    ResponderExcluir
  20. A gota seca, mas seu rastro ácido e salgado não.
    Tão fácil de uma lágrima sair, e tão difícil de retirar sua marca.
    Parabéns pelo poema!
    Abraço
    perplife.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. E as lágrimas, ainda inspiram grandes poemas, e as linhas acomodam o choro dos dias...
    Enfim belo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  22. EU quase choro com o poema, por fim chorei com o comentário acima.
    Parabéns pelo blog! Vou continuar vindo aqui agora!
    Beijos

    Raquel,
    http://publicidadesaltoalto.blogspot.com/2010/08/eles-usam-elas-adoram.html

    ResponderExcluir
  23. Consegui visualizar a lágrima que escorre por um rosto traçado pela tristeza e logo evapora.
    Adoro seus poemas.

    www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. lágrimas , assim como vêem também se vão. ácidas ou não, por vezes levam pedaços. ¬¬

    ResponderExcluir
  25. meu deus, acho que vc acaba de ganhar uma fã.
    UAHEUHAUIHSUIHAI

    ResponderExcluir
  26. Choro de tristeza por sí só já é triste
    Choro de alegria por sí só é o êxtase.


    Mais um belo poema!

    ResponderExcluir
  27. Amei, amei, amei o blog!
    Há muito não via algo tão completo como este espaço! Adorei a sua forma de se expressar, você parece brincar com as palavras. Parabéns pelo cuidado que tem ao escrever, está tudo bem lapidado, um blog precioso!
    Um forte abraço! =)

    ResponderExcluir
  28. O que você escreve é de uma delicadeza tão linda... Toca-me.
    visite se puder :http://eapesardetudosorrir.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  29. Belissimo poema, a forma como vc escreve é bem interessante e diferente, parabéns e sucesso com o blog.

    ResponderExcluir