terça-feira, 1 de setembro de 2009

Inferno de Trânsito

o sol derrama seus raios
sobre o onibus lotado;
fazendo inflamar o odor
de perfumes vagabundos
misturado com suor escorrido
no corpo mal lavado;
entorpecidos no mal cheiro
corpos rezam para o trânsito acabar.

18 comentários:

  1. Rezam para o trânsito acabar e para a hora do banho chegar...

    ResponderExcluir
  2. pior que é assim mesmo
    XD
    mt bom o poema

    www.hysteria-project.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. ninguém merece estar dentro desse ônibus!!!!

    ResponderExcluir
  4. só quem passa por isso todos os dias pode entender tal texto...
    sinceras palavras...abraços

    Aloha
    http://surfinsantoss.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Todo dia tenho que suportar isso !
    me identifiquei com seu blog vou segui-lo
    a obrigado pelo comentario no meu blog

    ResponderExcluir
  6. Amém. Infelizmente é uma realidade minha pelo menos;
    Eu vivo pegando onibus e é um saco quando tá lotado.
    Seu poema expressa bem a situação.

    Vou voltar então, até mais.

    ResponderExcluir
  7. belo poema amigo

    http://cemiteriodaspalavrasperdidas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. POESIA INTENSIFICADORA E QUE MEXE PROFUNDAMENTE!

    ResponderExcluir
  9. muito bom, me senti dentro do ônibus!

    abraço

    ResponderExcluir
  10. hahaha
    Me vi qd eu morava em sampa e tinha que tomar ônibus para voltar da escola no horário de pico...
    kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Li não um, mas alguns vários poemas seus. Gostei do seu estilo de escrita, quem me dera pudesse soltar as palavras assim tão livremente como você consegue! Ás vezes me travo demais, e sua liberdade ganhou minha admiração. Até mesmo quando se fala do "CC" sentido no ônibus! (rs)

    ResponderExcluir
  12. dorei, bem cotidiano e nostalgico, belo poeta!

    http://cemiteriodaspalavrasperdidas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Isso me parece final da tarde, saindo do trampo e indo pra facul! ô vida de cão! Queria morar mais perto das coisa! :)

    ResponderExcluir
  14. HUAUHAUHUHAUHAHU
    Me fez lembrar o metrô e o trem de quando eu trabalhava no centro de Sampa! hahaha.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  15. uhahua
    muito bom.
    Fato veridico.kk

    www.nos4.wordpress.com

    ResponderExcluir
  16. Sinestesia: é ler o seu texto e sentir um ODOR! :)

    ResponderExcluir
  17. Ah ainda bem que a sua poesia me entende...

    bjs

    http://www.pequenosdeleites.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. esse ônibus parece o lapa-barra avenida de manhã cedo aki em salvador, kkk! parabéns pelo blog!
    se der visita o meu: http://ligaploc.blogspot.com

    ResponderExcluir