sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Pluie.

como um espetáculo gratuito
sem hora e sem lugar marcado
vejo do meu camarote,
a chuva cair.

repertório muda a cada show
as vezes raios cortam o céu,
ventos fazem árvores dançarem,
nuvens afofam a vista,
ou simplesmente, acinzentam o céu.

o fato é que sempre é um espetáculo.