domingo, 11 de julho de 2010

Hugo.

faça chuva ou sol,
ele sempre sai de casa
com cachecol pendurado no pescoço

andou meio cismado
que é alérgico a vento
basta um ventinho
para ficar incomodado.


uma simples tosse
é o suficiente
para pastilhas de hortelã
e xarope de morango.


na verdade, hugo é hipocondríaco.
tem um medo quase infantil
de ficar doente.

30 comentários:

  1. Gostei do texto, simples porem gostoso de ler... ^^

    ResponderExcluir
  2. é um poema pequeno e simples que retrata a realidade de muita gente.

    ResponderExcluir
  3. Duro mesmo seria, meu amigo, se Hugo fosse alérgico ao vento. Imagine viver sem ar, não viveria.

    Essas linhas podem ser tudo e nada. Foram tudo mesmo sendo tão pouco. Sem rimas, simples e direto. Mas mesmo assim um belo texto. Me fez imaginar um Hugo feito a mão, com cachecol no pescoço, balinha e xarope na mão. Parabéns.

    bjjjs :*

    ResponderExcluir
  4. Acho que você errou no nome...deveria ser Chico! Você escreveu sobre meu avô,lindo e maravilhoso com seus quase 88 anos de idade!

    ResponderExcluir
  5. bom texto, simples e completo!!
    http://naosentindo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Hipocondríacos, uni-vos!
    Ah! EU me incluo na lista, viu!?

    hahahah...

    abs,
    seuanonimo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. texto interessante,,,muito bom...uma leitura agradável...mas ficar com essa mania de ficar doente e barra hem...

    ResponderExcluir
  8. Haha'
    sou uma ''Hugo''
    otimo blog :D

    ResponderExcluir
  9. Adorei o texto também, a simplicidade nessas horas é super importante!
    Ps. Acho que estou com as manias do Hugo...
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Realmente adorei o texto. :DDD

    ResponderExcluir
  11. Concordo. Simples e gostoso de ler.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. seus textos tem um padrão muito interessante, já comentei algumas vezes, e todos sempre batem na mesma tecla, pq é uma verdade: simples e com qualidade!

    quanto à hipocondrias e outras fobias... bem, ninguém pode fazer nada para salvar os Hugos, não é mesmo?

    http://songsweetsong.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Concordo, bem gosto de ler. Uma leitura curta, porém, agradável. E esse Hugo hein, hipondriaco com força maior, onde já se viu alergia de vento? rs.

    www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Legal, bem contemporâneo.

    []'s

    http://musikaholic.wordpress.com

    ResponderExcluir
  15. Gostei da poesia! *-*
    Parabéns pelo blog =)

    ResponderExcluir
  16. Parabéns pelo blog.
    Ótimo texto.

    ResponderExcluir
  17. Que horror, sou meio "hipocondríaca" tmb, eh horrivel :$

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  18. A realidade de um rapaz na multidão.
    Excelente post!

    ResponderExcluir
  19. muito bom, parabéns

    http://mikaelmoraes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Legal o texto, parece descrever um amigo ou vc mesmo .
    De novo com jeito de rima, mas é prosa !!

    http://amansim.blogspot.com/

    visita lá

    ResponderExcluir
  21. Oi. Boa noite. Fiquei aqui imaginando o Hugo de cachecol andando pelas ruas da cidade com cara de donete. Imagino que õ mês que o Hugo menos deve gostar seja o de Agosto. Já notou como venta nesse mês?

    ResponderExcluir
  22. Doentes todos nós somos. E o melhor remédio é viver.

    ResponderExcluir
  23. temos que se cuidar mas nem tanto ne Hugo rsrs...belo texto...muito bom...

    ResponderExcluir
  24. aah q bunitinhoo *-*

    tem q tomar cuidado com o hugo e esses remedios rsrs

    ResponderExcluir
  25. Eu tenho uma amiga que também tem ares de Hugo!
    Gostei do tom doce como descreve!
    ;D

    ResponderExcluir
  26. Hahaha, que legal!
    Simples, eficiente e de grande apelo visual.

    abç
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir
  27. Quantos Hugos por aí,a verdade é que todos temos nossas manias e frescuras,só não as deixamos expostas para que todas conheçam.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Simples poema, mas muito a dizer. Retrata bem o medo de ficar doente, e as soluções que Hugo encontra para evitar a doença.
    Abraço

    perplife.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. Deu vontade de ser o médico desse Hugo, sei lá!... Meigo!

    F.

    ResponderExcluir
  30. Bom dia. Como sempre, seu bom gosto prevalece.

    ResponderExcluir