domingo, 2 de agosto de 2009

Coisa de Criança.

dedos brincavam
com o interruptor;
música alta;
quarto virou boate;
pista de uma criança
que dançava no espelho
enquanto a luz piscava.

6 comentários:

  1. puxa gostei dessa e das outras poesias do seu blog!essa em particularn não sei se essa foi a inteção, tocou em lembrança em mim adormecidas! de uma idade em que achamos que o mundo é do tamanho de um botão de camisa!
    vou virar seu seguidor! se quiser dá uma olhadinha no meu blog e deixar um comentário! será muito bem vindo!

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkk
    AINDA HOJE EU FAÇO ESSA "COISA DE CRIANÇA".
    DEVE SER QUE COISAS DITAS DE CRIANÇA NOS REMETE AO PURO, AO SUMO DA SIMPLICIDADE DE UMA MÚSICA ALTA E A ALEGRIA SEM MOTIVO.

    ResponderExcluir
  3. Coisa de criança, coisa de jovem... o tempo passa.
    Gostei do blog...
    Vou te seguir!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. quem nunca fez isso né
    ?
    quemmm?

    ResponderExcluir
  5. POde ser relacionado á coisas de adultos também! hahaha.
    Todos fazem isso, ou já fizeram.
    Não tem como negar rs.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  6. embora eu seja um pouco mais "clássico" para poesia, acho interessante idéias que remetem a objetivos inusitados e aleatórios, que fazem sentido em cada um de nós =)

    abraços

    Leonardo Dognani

    ResponderExcluir