segunda-feira, 20 de julho de 2009

quando vivia naquele presente
achava o avesso perfeito;
ela pediu apenas sua presença
mas ele apitou o fim.
simplesmente, apertou o botão
ejetando o seu amor para fora
de sua vida recém perdida.

9 comentários:

  1. nossa! forte e bonito, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. é dificíl quando chega o fim de algo

    ResponderExcluir
  3. bem que eu queria apertar um botao e ejetar o amor. :P

    ResponderExcluir
  4. ...lindo! ;) ameioblog! parabens! sucesso! bjs!

    ResponderExcluir
  5. Eu queria dar pausa em alguns momentos, e assistir novamente!!!

    ResponderExcluir
  6. curto porém direto, bem fera ficou

    ResponderExcluir
  7. Parabéns..
    Sucesso com o Blog!

    ResponderExcluir
  8. Nunca amei nem me apaixonei de verdade (sou nova anda hihi) mas tenho medo de que seja tao dessesperante ao ponto de que eu queira ejetalo de mim. Dizem que o amor é lindo , e outros dizem que o amor é doloroso, por mim eu so viveria a parte linda.
    Seus poemas estao encriveis e eu gostei muito do 'Retrato de um torcedor ' bom de verdade sues poemas sao muito bons .
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Gostei, Lufa, principalmente dos dois primeiros versos. Uma sugestão: procure editar mais, cortar mais palavras, pois muitos poemas estão parecidos com prosa, com narrativas no estrito sentido do termo. Beijos e sucesso no blog!

    ResponderExcluir